Category

Coaching

Pesquisa da Ricci RH aponta um aumento no número de profissionais ainda trabalhando, mas em busca de recolocação

Pesquisa da Ricci RH aponta um aumento no número de profissionais ainda trabalhando, mas em busca de recolocação

Escrito por | Coaching, Dicas, Entrevista de Emprego

Segundo o Gestor de Carreiras, Claudio Riccioppo, em suas pesquisas, afirma que atualmente existe um aumento no número de profissionais empregados que continuam em busca de recolocação e progressão no mercado de trabalho. Isso se dá porque viemos de um longo período de demissões e redução salarial. Já em 2018 o mercado iniciou uma pequena melhoria no cenário de empregabilidade, fazendo com que, por exemplo, vagas antes se procrastinavam para serem fechadas e duravam meses “nas mãos” dos selecionadores.

Atualmente, ocorreu uma pequena melhoria, e esta já faz com que profissionais (que na época da crise tiveram que submeter a salários muito baixos) já iniciem um processo de análise de oportunidades a fim de retornar ao seu patamar anterior, ou pelo menos algo intermediário.

Pela mesma crise, muitos empregados ficaram anos sem um crescimento profissional, pois a empresa mais lutava para mantê-lo empregado e não o perder, do que pensar em talvez promovê-lo. Logo, esses profissionais estagnados por algum período, hoje como já sentem essa inicial melhoria no mercado e buscam novas oportunidades (mesmo que seja apenas para ter algo em mãos antes de negociar com seu atual contratante).

Uma dica importante é: cuidado para não tentar fazer as duas coisas (trabalhar e buscar recolocação profissional), pois você pode não ter tempo para fazer as duas com excelência e acabar não conseguindo sucesso em ambas, ficando sem o atual e um novo emprego. Se você não tem tempo para fazer isso bem feito e não sabe como fazer da melhor maneira, deixe a cargo de um Gerente de Carreiras especialista, de sua confiança, que este sim terá tempo integral para atender à sua nova expectativa, permitindo o sucesso no seu trabalho.

Ressalto também que nestas novas entrevistas de recolocação, o profissional deve tomar cuidado para não “falar mal da sua atual empresa” para esta, pois se você está saindo dela, a probabilidade de acontecer o mesmo ao sair da próxima será evidente – pensa assim, o recrutador.

Siga mais dicas no site:

https://www.claudioriccioppo.com/dicas-profissionais

4 benefícios do coaching para sua carreira profissional

Escrito por | Coaching

Para obter sucesso em um mercado de trabalho tão competitivo, é importante buscar alternativas que ajudem no direcionamento profissional e no aperfeiçoamento de habilidades. Afinal, não basta saber aonde você quer chegar: entender como também é importante.

O coaching de carreira é um dos métodos mais eficazes para que esses objetivos sejam alcançados e é um auxílio muito procurado atualmente. Portanto, se você pretende aperfeiçoar ainda mais seu talento e conquistar um lugar ao sol, é hora de conhecer os benefícios do coaching para sua carreira profissional. Vamos lá?

1. Contribui para a identificação de objetivos e metas

Para descobrir qual caminho seguir em sua carreira profissional, o indivíduo precisa ter objetivos e metas bem estabelecidos. Assim, é possível se organizar melhor para enfrentar essas etapas, inclusive no âmbito pessoal e financeiro.

Dentre os benefícios do coaching, este é provavelmente o mais importante. É através dessa definição que se torna possível descobrir motivações, talentos e caminhos para efetivar escolhas e apostar neles sem ter medo de errar.

2. Identifica forças e fraquezas na carreira profissional

Com as metas estipuladas, é preciso avaliar quais serão os obstáculos a serem enfrentados para conclui-las com sucesso. Sozinhos, na empolgação por uma mudança ou novo direcionamento de carreira profissional, é quase impossível perceber quais são nossas forças e fraquezas para vencer as dificuldades.

Portanto, este é mais um dos benefícios do coaching: ver claramente o que interfere e ajuda em nossa jornada, e saber quais são nossas características mais expressivas, para que recebam mais atenção e sejam bem desenvolvidas.

3. Permite a elaboração de um plano de ação

Depois que todas as percepções pessoais e profissionais são recolhidas, o coaching permite que um plano de ação seja elaborado. Isso quer dizer que os objetivos receberão prazos e que terão recursos necessários especificados para sua realização.

Na maioria dos casos, essa é um dos benefícios do coaching que surte maior efeito para o profissional, pois confirma que seus desejos estão finalmente ao seu alcance. Por isso, vale lembrar de que o indivíduo deve ter total comprometimento durante esta parte.

4. Desenvolve habilidades e competências

Quando um profissional trabalha há muito tempo na mesma função e não recebe estímulos da empresa, acaba deixando habilidades e competências adormecidas. Com o coaching, é possível redescobri-las e desenvolvê-las, de modo a até mesmo enriquecer o currículo.

O olhar externo do coach, que é o profissional responsável pela orientação, é capaz de guiar o indivíduo para o autoconhecimento e fazer com que ele reconheça o quanto é capaz e o quanto pode ir mais além. E isso é fundamental para quem busca novos rumos na carreira profissional. Neste ponto, contar com a ajuda de um consultor de carreira também pode fazer a diferença.

É importante ressaltar que os benefícios do coaching contribuem também para que o profissional administre melhor suas emoções e aprenda a lidar com conquistas e fracassos. Sendo assim, é importante que as sessões sejam feitas até o fim, sem interrupções, de acordo com o que o coach determinar.

Gostou dessas informações? Se sim, compartilhe este artigo nas redes sociais e inspire outras pessoas a buscarem sua realização profissional com o auxílio do coaching.

Por que buscar uma consultoria para recolocação profissional?

Escrito por | Coaching

A recolocação ou outplacement profissional tem a ver com a conquista de uma nova posição no mercado de trabalho. É uma etapa executada tanto por quem está desempregado como, principalmente, por quem almeja novos rumos na carreira.

Para que esse processo fique mais simples, é altamente relevante procurar uma consultoria para recolocação profissional. Essa equipe fica responsável por fazer análises precisas, oferecendo direcionamentos que fazem a diferença.

Quer entender, de uma vez por todas, por que recorrer a essa possibilidade? Então, continue lendo e veja quais são os benefícios.

A consultoria para recolocação profissional ajuda a traçar objetivos

A recolocação só é verdadeiramente possível ao saber aonde se quer chegar. Por isso, a equipe investe, primeiramente, em garantir que os objetivos sejam definidos.

Você saberá como deseja voltar para o mercado ou dar o próximo passo na sua carreira. Isso é importante para a segurança e, acima de tudo, para trazer a satisfação com os resultados obtidos.

A atuação também contribui para encontrar boas oportunidades

Outro papel destacável da consultoria para recolocação profissional tem a ver com a prospecção de oportunidades atraentes. Muitas vezes, os profissionais não buscam vagas compatíveis com seus perfis por não saberem onde podem encontrá-las.

O time soluciona essa questão, de modo a fazer uma análise criteriosa de boas opções e que sejam condizentes com seu perfil.

Acima de tudo, trata-se de algo muito prático e que é capaz de direcionar esforços, otimizando a atuação.

A rede de network fica mais ampla e fortalecida com essa equipe

Ter bons contatos faz parte de um desempenho profissional diferenciado. Bons relacionamentos no ramo abrem portas e trazem chances que não estão disponíveis para todo mundo.

Sabendo disso, uma consultoria contribui para que a sua rede de network fique mais ampla e fortalecida. Você saberá com quem se conectar, como fazê-lo e por que escolher as pessoas específicas.

Isso ajuda a ampliar sua visibilidade no mercado, além de favorecer o seu destaque e posicionamento.

As entrevistas de emprego são vencidas mais facilmente

Mesmo diante de tudo isso, é comum ainda precisar passar por processos seletivos. Assim, outro motivo para ter o apoio de uma consultoria para recolocação profissional é que ela ajuda em todas as fases dessa etapa.

Inicialmente, você saberá como construir um bom currículo e uma carta de apresentação que chama a atenção. Além de tudo, terá as indicações certas para agir corretamente nas entrevistas de emprego, aumentando as chances de sucesso.

O caminho até a recolocação profissional é encurtado

O fato é que chegar ao final da recolocação nem sempre é fácil. Há diversos obstáculos e, inclusive, muita gente desiste no meio do percurso. Porém, ao ter o apoio de uma equipe é fácil vencer as barreiras.

Toda essa trajetória fica mais curta não devido a atalhos, mas, sim, a otimizações quanto ao emprego dos esforços. Desse jeito, dá para ter o máximo de desempenho e conseguir chegar à vaga almejada em um tempo menor.

consultoria para recolocação profissional traz um olhar estratégico e direcionado para o processo, tornando-o menos complexo. Assim, há menores dificuldades para conquistar a vaga que você deseja.

Caso ainda tenha alguma dúvida sobre essa questão, conte nos comentários!

Qual é o papel de um consultor de carreira?

Escrito por | Coaching

Refletir sobre a própria carreira e pensar no futuro não são habilidades de boa parte dos profissionais. Com isso, não é incomum ver talentos desperdiçando potencial por estarem acomodados ou por não conseguirem visualizar qual o próximo passo a dar.

Nesse cenário, ter o auxílio de um consultor de carreira faz toda a diferença. Ele tem a função de orientar a atuação no mercado de trabalho e garantir novas conquistas. Por isso, é fundamental entender como ele age.

A seguir, entenda mais sobre essa questão e descubra o potencial de tal abordagem.

Qual é o principal objetivo de um consultor de carreira?

A grande função de um consultor de carreira é propiciar o impulsionamento profissional. Seu papel é garantir que a pessoa orientada por ele tenha a todos os recursos necessários para se desenvolver no mercado.

Por meio de direcionamentos específicos e análises contundentes, ele identifica ameaças e oportunidades e orienta a atuação.

De certa forma, é como um técnico de futebol, que dá conselhos ao time em busca da vitória do campeonato. Por isso, a consultoria desse tipo é extremamente valiosa para quem deseja crescer no mercado.

Como esse processo é realizado?

Para que esse papel seja cumprido conforme o prometido, é necessário desenvolver todo um fluxo de etapas. Ele garante que, ao final, o profissional sinta que alcançou aquilo que ele esperava inicialmente.

Para tanto, algumas etapas incluem:

Diagnóstico da situação atual

O primeiro passo dado pelo consultor de carreira é identificar como, de fato, está a situação atual do profissional. Ele precisa reconhecer questões como o cargo ocupado, as funções desempenhadas e as habilidades consolidadas.

Também há uma análise que chega até a aspectos psicológicos, interesses e mesmo capacidade socioeconômica. Isso oferece um panorama completo da pessoa em questão.

Estabelecimento de metas

Na sequência, é elaborado em plano de carreira. A ideia é definir metas e objetivos concretos, associados a períodos de tempo e que contribuam para o desenvolvimento profissional.

Tanto para quem quer crescer na empresa quanto para quem busca novas oportunidades, essa etapa inclui para onde a pessoa, de fato, deseja seguir com a sua carreira.

Há objetivos de curto, médio e longo prazo, permitindo que se tenha uma visão mais ampla da atuação no mercado.

Definição de estratégias

Na sequência, são definidas as ações. É nesse momento em que surgem as questões de quais habilidades precisam ser desenvolvidas e quais defeitos têm que ser trabalhados, por exemplo.

Também tem a ver com a busca de vagas em outras empresas e, se for o caso, até a preparação para recolocação profissional e para lidar com headhunters na entrevista de emprego.

Além de tudo, o consultor pode assumir a tarefa de ampliar o networking do orientado, fazendo apresentações a pessoas importantes do ramo.

Acompanhamento de desenvolvimento

Uma vez que as estratégias comecem a ser executadas, o consultor precisa avaliar o desempenho de seu orientado. A ideia é identificar o que ainda pode ser melhorado e o que tem dado mais certo.

Conforme os objetivos forem sendo alcançados é sempre viável rever o plano, fazer adaptações e garantir que os interesses sejam atendidos.

Reconhecendo a importância de um consultor de carreira, é possível impulsionar a sua atuação no mercado. Assim, fica mais fácil atingir objetivos e obter ótimos efeitos.

O que você pensa sobre essa abordagem? Conte nos comentários e participe.

Conheça alguns tipos de consultoria de recolocação profissional

Escrito por | Coaching

Em um cenário de crise como o em que vivemos, o profissional que está fora do mercado de trabalho lida diretamente com a frustração e com o medo de não conseguir um novo trabalho. Isso acaba atrapalhando suas novas tentativas, fazendo com que perca boas oportunidades.

Ainda que essa situação seja mais comum do que se imagina, é possível se afastar dela através da consultoria de recolocação profissional. Existem tipos diferentes de assessoria para os mais variados perfis, e todas elas apresentam excelentes resultados.

Se você está familiarizado com esse relato e quer buscar a ajuda adequada para seu contexto, é hora de conhecer melhor essas consultorias e saber como e quando recorrer a elas. Confira!

Consultoria de recolocação profissional

Este tipo de consultoria oferece a orientação necessária a fim de que o profissional retorne ao mercado de trabalho. Aqui não existe nenhum tipo de ligação ou interferência da empresa — o trabalhador é o único responsável por procurar o serviço e arcar com suas despesas.

Dentro do direcionamento das consultas, estão incluídos desde guias para a reformulação de um novo currículo e de cartas de apresentação até a preparação para entrevistas e adequação de imagem.

Dessa forma, o profissional se repagina totalmente e mostra mais segurança ao procurar um novo emprego, trazendo consigo mais chances de conseguir um cargo desejado e alcançar os seus objetivos de realização no trabalho.

Outplacement

Quando um funcionário é demitido ou está prestes a perder o seu lugar, muitas empresas se comprometem socialmente a ajudá-lo na procura por um novo emprego ou posto de trabalho. Essarecolocação profissional é denominada outplacement.

Ainda que as circunstâncias do momento entre a organização e o trabalhador sejam um tanto quanto desconfortáveis, investir nessa consultoria pode ser uma forma de amenizar a situação e trazer benefícios para as duas partes.

No outplacement, além dos serviços tradicionais de postura, nova imagem e da atualização de currículo, são oferecidos programas de coaching e aconselhamento de carreira. Em alguns casos, o profissional é encaminhado a algumas vagas que se encaixem em seu perfil.

Headhunter

O termo headhunter se refere ao consultor que usa algumas técnicas para buscar e selecionar os talentos profissionais. As empresas contratam esse serviço quando precisam de um perfil específico, com características peculiares difíceis de serem encontradas.

Como tem um extenso networking, é viável que tenha em mãos os contatos de profissionais adequados para preencherem diversas vagas ou cargos. Por isso, é válido que os candidatos já tenham feito anteriormente uma consultoria de recolocação profissional.

Assim, eles terão maiores chances de serem apresentados a um headhunter e estarão aptos para serem realocados por esse consultor em uma nova oportunidade. Uma variável desta categoria de consultoria é o job hunter, consultor contratado pelo profissional que necessita de recolocação para encontrar vagas que se encaixem em seu novo perfil.

Coaching

Nesta metodologia, o profissional será orientado pelo coach a modificar seus pensamentos e atitudes, de modo a conseguir um novo emprego. Ele trabalha com ferramentas e métodos especiais para que se construa um plano de ação que atinja essa meta.

A técnica de coaching é utilizada também para solucionar questões pessoais, que podem até mesmo interferir na carreira profissional. É uma ajuda psicológica, que procura moldar todas as áreas da vida.

Quais desses tipos de recolocação profissional você já conhecia? Já participou de algum deles? Conte sua experiência nos comentários abaixo e incentive outras pessoas a buscar esse auxílio.

O que é outplacement profissional?

Escrito por | Coaching, Dicas

O mercado de trabalho não tem se tornado apenas mais competitivo, como também possui questões cada vez mais específicas. Antes de demitir um colaborador, por exemplo, uma empresa precisa se preocupar com uma série de fatores.

Na hora de buscar uma recolocação, o funcionário também tem que se atentar para estar mais preparado e conseguir vencer a concorrência. Nesse cenário, surge o que é conhecido como outplacement profissional.

Indispensável para quem busca efeitos otimizados, deve ser usado corretamente. Por isso, veja do que isso se trata e entenda melhor como tudo acontece.

Afinal, o que é outplacement profissional?

O outplacement baseia-se na recolocação profissional de um indivíduo no mercado de trabalho. Ele inclui processos que vão desde o planejamento de desligamento até o encontro de uma nova vaga para o funcionário.

Em geral, é uma etapa realizada por uma empresa terceirizada, a qual é contratada por um empreendimento ou pelo próprio colaborador.

Trata-se, portanto, de uma área do RH voltada para que as pessoas consigam ocupar novas — e, possivelmente, melhores — vagas no mercado, de maneira eficiente e tão rápida quanto possível.

Como o processo é feito?

Basicamente, o outplacement profissional se divide em duas categorias. A primeira é o planejamento, em que a empresa e o colaborador definem qual é o melhor momento para o desligamento, assim como todas as suas características.

Avalia-se, por exemplo, quais são os valores devidos com a demissão, como acontecerá a transição e tudo o que precisa ser observado para que o processo ocorra sem prejuízos para nenhuma das partes.

Já a recolocação é a parte mais importante e que tem como objetivo conquistar uma nova posição no mercado. Ela é executada por meio de conselhos e de orientação, assim como pela prospecção de vagas e a escolha das melhores estratégias para entrevistas.

Não há garantias quanto à recolocação, mas, certamente, alguém que tem essa ajuda sai à frente dos demais.

Quais são os benefícios?

As vantagens do outplacement profissional são variadas e para ambos os lados. A empresa que contrata esse serviço consegue realizar uma transição de desligamento muito facilitada, além de diminuir as chances de sofrer com ações trabalhistas.

Para completar, ela ganha uma reputação otimizada em relação à capacidade empregatícia. Ou seja, trata-se de um empreendimento que passa a ser visto como um empregador melhor, o que ajuda na atração e retenção de talentos.

Para o profissional, esses benefícios são ainda mais intensos. Esse processo diminui, por exemplo, o tempo necessário para conseguir um novo posto de trabalho.

Também contribui para o encontro de vagas alinhadas ao perfil, assim como para a conquista de resultados muito melhores quanto a salários, benefícios e posição hierárquica.

Por que escolher uma boa empresa?

Ainda que pareça simples, o outplacement possui caminhos que precisam ser seguidos de uma forma específica. Se a equipe não for competente, por exemplo, a recolocação se torna muito menos provável.

Portanto, é indispensável escolher um bom negócio desse ramo. Ela garantirá que tudo aconteça da maneira mais fácil e tranquila, além de com o melhor potencial para trazer as consequências esperadas.

Ao final, essa escolha adequada trará maior segurança na etapa, permitindo que todos fiquem satisfeitos com o processo.

outplacement profissional está ligado à recolocação no trabalho e, até mesmo, ao desligamento. Em geral, ele é executado por uma empresa terceirizada e é fundamental que ela seja de qualidade para que os efeitos sejam verdadeiramente positivos.

Restou alguma dúvida sobre o tema? Sinta-se livre para comentar e participar do debate!

Você sabe o que é um coaching de entrevista?

Escrito por | Coaching

Se sair bem na seleção de uma vaga é um desafio para muitas pessoas. Ainda que tenha qualificação e capacitação, é preciso enfrentar a concorrência, que pode estar mais preparada do que você. Mas e se for possível obter uma análise aprofundada e que pode te levar ao sucesso?

Pois é exatamente isso que o coaching de entrevista de emprego proporciona. Utilizando conhecimentos que nem sempre são explorados pelos candidatos, é um jeito de garantir que você esteja em sua melhor forma para participar da seletiva, aumentando as chances de conseguir a vaga tão desejada.

Porém, esse ainda é um conceito relativamente recente, então explorá-lo é fundamental para aproveitá-lo ao máximo. Para saber tudo, continue lendo e descubra!

O que é o coaching de entrevista de emprego?

Embora cada processo seletivo seja único e tenha características específicas, algumas questões se repetem. Há um padrão esperado na postura do profissional e há pontos que, em geral, são bem-vistos em praticamente todos os casos. É baseando-se nisso que o coaching de entrevista de carreira funciona.

Trata-se de uma preparação para o processo seletivo, em que são abordadas as questões mais determinantes para alcançar o sucesso perante o entrevistador.

Ela reúne um conjunto de orientações, como a procura de informações sobre o negócio e a pesquisa da vaga e das necessidades específicas de cada empregador.

Também trata de como se comportar, qual postura adotar e quais elementos da comunicação não verbal pesarão para a escolha de quem será contratado. Assim, o candidato recebe um direcionamento preciso do que fazer para se destacar e obter o êxito.

Por que esse coaching é tão importante?

Todas essas características já indicam por que essa tarefa de preparação é tão relevante: ela é responsável por ampliar as chances de sucesso.

Ao passar por um processo de treinamento do tipo, é mais fácil demonstrar suas qualidades e aptidões, além de apresentar firmeza e tranquilidade, enquanto a maioria das outras pessoas trata o momento com tensão.

Com isso, você será visto como uma pessoa bem preparada para ocupar aquela vaga, atingindo seus objetivos.

Indo além, o coaching também serve para te orientar sobre quais são seus interesses de carreira e quais vagas fazem sentido para esses planos. Para completar, auxilia a negociação salarial e de condições, levando a efeitos muito melhores.

Como usar esse recurso a seu favor?

Sendo assim tão importante, é fundamental saber como utilizar o coaching de entrevista. Para tanto, é indispensável contar com profissionais realmente preparados para te ajudar.

Por isso, busque uma empresa que ofereça esse serviço e que seja reconhecida no mercado. A ideia é ter acesso a dicas diferenciadas e que, de fato, farão a diferença para os seus objetivos.

Além disso, é fundamental utilizar os conhecimentos de maneira personalizada para cada processo seletivo. A ideia é interiorizar as informações de preparação e saber aplicar cada uma conforme a necessidade.

Dessa forma, há como construir um perfil muito mais preparado para encarar as perguntas difíceis e dinâmicas das melhores oportunidades de emprego.

Com o coaching de entrevista, é possível se preparar para fazer uma apresentação impecável e diferenciada aos recrutadores. Graças a isso, você ficará muito mais próximo de conseguir a vaga desejada.

Restou alguma dúvida sobre o tema? O que achou dessa possibilidade? Conte nos comentários e participe!

O que é coaching e como ele pode ajudar na recolocação profissional

Escrito por | Coaching

Se você perdeu o emprego recentemente ou decidiu abandonar sua função por motivos pessoais, tenha calma. Mesmo que o cenário atual de nosso país inclua índices de desemprego e economia desacelerada, a recolocação profissional pode ser conquistada. E, para isso, a melhor ferramenta é o coaching.

Este é um processo eficiente, cujo maior objetivo é planejar e traçar estratégias para que você alcance seus objetivos com sucesso. A metodologia proporciona técnicas variadas a fim de desenvolver capacidades e habilidades, tanto no âmbito emocional e comportamental, quanto no que diz respeito a fatores voltados para a carreira.

Quer saber mais sobre o assunto e saber como é possível se reposicionar no mercado? Então acompanhe este artigo e tire suas dúvidas!

O que é coaching?

O processo de coaching visa destrinchar a performance de um indivíduo. Com a orientação de um profissional habilitado conhecido como coach, o cliente, chamado de coachee, consegue descobrir quais são seus pontos fortes e fazer com que eles alcancem novos e melhores resultados de desempenho.

Em geral, são agendadas sessões semanais de atendimento, que duram cerca de uma hora. Cada coachee tem uma exigência particular, portanto, é dever do coach escolher as melhores estratégias e métodos que se adequem às necessidades de seu cliente.

Inicialmente, é estabelecida uma rotina de perguntas e respostas que estimulam a reflexão do coachee, para que ele identifique as principais questões a serem resolvidas para que ele atinja sua meta. O coach, então, coloca técnicas específicas em prática e procura impulsionar, através de técnicas específicas, os fatores de atenção demonstrados por seu cliente.

A meta escolhida pelo coachee deve ser alcançável, e o coach, por sua vez, deve comprometer-se com ela para que ambos caminhem juntos por todo o caminho. É preciso comprometimento das duas partes para que as atividades propostas sejam realizadas, garantindo a eficácia do plano de ação traçado.

Qual é o seu papel na recolocação profissional?

Quem deseja um novo lugar no mercado de trabalho precisa de assessoria e apoio consistentes, que ofereçam um direcionamento preciso na busca pelo caminho certo. Geralmente, a busca por recolocação profissional por motivos de demissão, insatisfação, falta de visibilidade profissional ou vontade de encarar desafios diferentes.

Por isso, o coaching empresarial é de grande auxílio. Por meio dele, será possível definir as prioridades para o futuro profissional, atualizar o currículo, investir em cursos e workshops de capacitação, aumentar a rede de network e ainda aperfeiçoar a desenvoltura para próximas entrevistas.

Para tanto, é preciso foco e determinação: a orientação profissional obtida no coaching não é fator determinante para assegurar a recolocação. Sendo assim, esteja aberto a sugestões, abrace o processo e lembre-se de que ele não ajudará apenas a encontrar o trabalho ideal, mas também a crescer como ser humano.

Como saber a hora certa de procurar o coaching?

Não é preciso estar desempregado. A iniciativa de fazer coaching pode ser tomada a qualquer momento. Se você se sente incomodado no trabalho, ou mesmo na vida pessoal, e não consegue identificar os motivos disto, o processo pode ser o pontapé inicial para conseguir um direcionamento mais urgente.

Entretanto, tenha em mente que você precisa estar com alguns objetivos em mente para contar ao coach. Ele não pode adivinhar pelo que você está passando somente pelas perguntas de rotina e, quanto melhor ele puder conhecê-lo, mais facilmente conseguirá mostrar alternativas e soluções.

E você, já fez alguma sessão de coaching? Tem vontade de investir nesse processo? Deixe um comentário abaixo e compartilhe sua opinião!