Dicas

Como iniciar uma negociação salarial?

Escrito por 3 de outubro de 2017 Sem comentários

Antes de ocupar uma nova vaga é muito comum que a empresa faça uma solicitação a respeito da pretensão salarial. Essa é uma forma de entender se o candidato está alinhado com a proposta e, também, de selecionar as melhores opções.

Mesmo na hora de pedir um aumento é preciso saber como iniciar (e finalizar) uma boa negociação salarial. Ao ter cuidado nesse sentido, a comunicação ocorrerá de maneira descomplicada, gerando efeitos muito melhores.

Para não perder nenhuma orientação, continue lendo e veja o que deve ser feito e descubra como ter sucesso na tarefa!

Faça uma pesquisa de mercado sobre salários e benefícios

Para que a negociação salarial seja bem-sucedida, ela tem que ser feita dentro de parâmetros viáveis. Se você oferecer um montante muito abaixo do que poderia ganhar em outras vagas, é possível que se sinta insatisfeito e injustiçado em pouco tempo.

Porém, ao citar um número exagerado e que não condiz com a realidade, provavelmente perderá a vaga.

Para ficar no meio termo, faça uma pesquisa sobre a média do mercado. Conheça quais são os valores oferecidos para profissionais com características semelhantes às suas, como qualificação e experiência.

Além de analisar o salário, não se esqueça de verificar os benefícios. Às vezes, pode compensar fazer uma proposta mais baixa, mas com maiores benefícios e que, na realidade, levam a um ganho maior.

Reconheça quais são as suas necessidades

Outra questão é compreender quais são as suas exigências, especialmente em relação ao padrão de vida. Identifique de quanto você precisa para viver confortavelmente e satisfeito com os seus ganhos, considerando suas despesas.

Porém, essa é uma análise que exige bastante cuidado. Se o quanto você deseja não é compatível com as suas qualidades, é necessário pensar em buscar maior qualificação ou reduzir a pretensão.

Já se o valor não estiver condizente com o mercado, é muito improvável que você o obtenha. Por isso, será preciso refazer a análise até chegar a um total adequado.

Esteja preparado para ceder na negociação salarial

Depois dessa pesquisa, é fundamental ter em mente que, dificilmente, a sua proposta inicial será aceita. Trata-se de uma negociação e não de uma imposição e, por isso, os dois lados precisarão chegar a um equilíbrio.

Portanto, demonstre logo no começo que você está disposto a ouvir. Em vez de fixar um valor definitivo, apresente uma faixa que tenha a ver com o mercado.

A partir da proposta da empresa, é possível negociar melhores benefícios ou condições de recebimento. Assim, a postura tende a ser valorizada e ganha maior potencial de ser aceita.

Saiba justificar o valor proposto

Mesmo que a negociação salarial tenha a ver com a média, ela não será aceita se você não puder demonstrar que suas competências são compatíveis. Apenas justificar que é quanto o mercado paga, portanto, não é bom o bastante.

Por isso, prepare-se para embasar o total proposto. Demonstre suas capacidades e experiências e explique por que e como você pode fazer a diferença no time. Mais do que isso, explicite o quanto a sua contratação pode trazer um bom retorno.

A partir disso, o empregador ficará mais disposto a aceitar sua proposta se ela estiver dentro das possibilidades.

Ao utilizar essas orientações, é possível iniciar uma negociação salarial que, provavelmente, seguirá para o rumo desejado. Não se esqueça, portanto, do planejamento e da ponderação para obter bons efeitos.

Nos comentários, faça suas considerações e aproveite para deixar dúvidas sobre o tema. Participe!